Ubuntu Sem Som

7 01 2010

Meu Desktop é um DELL Optiplex 755 e uso nele Ubuntu já tem muito tempo.

Porém quando atualizei para Ubuntu 9.10 o som do alto falante interno dele parou de funcionar.

Quando se pluga o fone de ouvido o som está ok… mas não saía nada no auto falante interno.

Pesquisei algumas coisa na net mas nada de encontrar, um amigo disse que deveria atualizar o drive ALSA… até tentei mas não funcionou.

Hoje, estupidamente por acaso, vi em uma lista de programas um que me chamou à atenção “gnome-alsamixer” daí foi natural né…
sudo apt-get install gnome-alsamixer

E deu!…rsrs

Na verdade o alto falante frontal (chamado de “Mono” pelo ALSA) estava apenas mudo. Então foi só desmarcar o mudo e ele funcionou certinho.

O Detalhe é que eu já tinha experimentado rodar o alsamixer no terminal….e tal…. mas ele não desabilitou o “mudo” do canal.

Então fica aí a dica para Ubuntu Sem Som.

ps. segue a minha placa de som…
00:1b.0 Audio device: Intel Corporation 82801I (ICH9 Family) HD Audio Controller (rev 02)





Executando comandos SQL no CakePHP

8 05 2009

Depois de muito pesquisar e me irritar com uma coisa que parece ser tão básica resolvi postar aqui o que eu tive dificuldades para encontrar na internet.

Eis o cenário:

Estou desenvolvendo um software com a finalidade de alimentar e ou sincronizar bancos de dados. Ele deve fazer o seguinte, quando o usuário acessar a url (http://www.site.com.br/sincronizacoes/sinc) o sistema lê vários bancos e várias tabelas, analisa algumas condições, prepara os dados e alimenta algumas tabelas de com esses dados.

Alguns adeptos do CakePHP poderiam dizer… “porque vc não usa o find()…. porque vc não usa os relacionamentos do Cake….etc…etc…”. Tudo bem! Acho até que seria possivel fazer com mais alguns dias de estudo do cake.

O problema é que não tinha esses dias e eu REALMENTE gostaria de usar as minhas queryes.

Porque?… São queryes enormes e eu já as tenho todas prontas, eu não queria reescrever tudo.

Como eu disse, é um processo simples mas acabei não encontrando uma documentação nem um relato preciso para o que eu queria. então vamos lá!

Como executar um comando SQL qualquer usando o Cake e obter o seu resultado

1)  Crie o seu controller:

class SincronizacoesController extends AppController {
 var $uses = array("Sincronizacao");
 function index(){
 }
 function sinc(){
 $this->set('vw_dados',$this->Sincronizacao->executaSinc());
 }
}

2) Crie o seu model:

class Sincronizacao extends AppModel{

 var $useTable = false;       

    # Esse é o segredo....
    # o seu model não vai usar nenhuma tabela...
    # apenas a conexão com o banco

 function index(){

 }

 public function executaSinc(){
     return($this->query("Execute aqui qualquer comando SQL que desejar"));
 }
}

Por fim, crie o view normalmente e trate os dados nele

<h1>Ufa!</h1>
<b>
 <?php pr($vw_dados); ?>
</b>

Pronto!… muito simples… mas se alguém não explicar fica complicado de se adivinhar. 😉

Até a próxima





Redes de Computador – Parte 2

5 03 2009

Slide de Redes de computador – Parte 2
Continue lendo »





Redes de Computador – Parte 1

2 03 2009

Slides de Redes de Computador – Parte 1
Continue lendo »





Avast! no Linux

22 01 2008

Muitos podem não achar necessário ter um antivírus no linux, mas é!

À medida que o uso do sistema cresce as ameaças o acompanham e como muito dizem por aí, “É melhor prevenir do que remediar” não é?!

Gosto muito do Avast! no windows. Ele é estável, faz atualizações de maneira muito fácil, não é extremamente pesado e possui um índice de detecção e remoção dentro da média de mercado. Costumo dizer que “antivírus só funciona até ontem”.

Portanto não é de se esperar que um antivírus detecte e remova todas as ameaças, ele só sabe proteger o que ele conhece.

Outra vantagem do Avast! é a distribuição de licenças para uso doméstico. Basta um cadastro e você recebe uma licença de 18 meses gratuitamente.

Quando vencer, basta pedir outra. E isso também é verdade para o Linux, alias é a mesma licença nos dois sistemas.

Vamos ao que interessa!

Instalando o Avast no Linux.

Vá para o site: http://www.avast.com/por/download-avast-for-linux-edition.html

Escolha o pacote que lhe sirva melhor, estou usando o Ubuntu 7.10 então baixei o .deb na pasta /home/usuario (baixe-o na pasta que quiser, só lembre de mudar a pasta no comando a seguir)

Arquivo baixado execute:

      sudo dpkg -i /home/usuario/avast4workstation_1.0.8-2_i386.deb

      A instalação deve ocorrer sem questionamentos….

      Para fazer a integração do avast com o Gnome ou KDE execute:

        sudo /usr/lib/avast4workstation/share/avast/desktop/install-desktop-entries.sh install

        No Gnome já deve aparecer o ícone do avast no menu:
        Aplicações -> Acessórios -> Avast! Antivirus

        Ao abrir o Avast! lhe será pedido o código de ativação, digite o código que lhe mandaram por email após o cadastro no site.

        Pronto!… Fácil mesmo né!





          Impedir cancelamento do logon no Windows 98

          18 10 2007

          Um dica bem simples para windows 98.

          Para impedir que usuários cancelem o logon no windows 98 basta adicional a seguinte chave no registro.

          Clique em:

          Iniciar -> Executar

          para abrir o editor do registro digite:

          regedit

          Vá até a chave:

          \HKEY_LOCAL_MACHINE\Network\logon

          Crie uma chave “string” com o nome

          MustBeValidated e ponha o valor = 1

          reinicie e pronto.

          Não será mais possivel logar na máquina a não ser que se tenha uma senha validada.

          Para desfazer basta apagar a chave criada.





          Controlando o beep no prompt do linux

          18 10 2007

          No prompt do linux, em resposta a alguns eventos, ele emite um alerta sonoro um beep. Até aí tudo bem, o problema é quando estamos usando o pc às duas da manha quando amassar um pedaço de papel faz um barulho ensurdecedor, imagina um beep direto do gabinete… rsrs

          Às vezes é necessário desligá-lo, para isso digite o seguinte:

          Em modo texto:

          Para desligar…

          setterm -blength 0

          Para ligar…

          setterm -blength 100 -bfreq 750

          Explicando:

          O valor de blength define a duração do beep. Pode variar de 0 a 200.
          O valor de bfreq define a frequencia do beep pode variar de 20 a 20000.